05/11/06

A rosa tem destas coisas

O puto chama-se Fernando Fernandes mas nas capas dos discos só aparece FF. É normal. Aos 19 anos, tem-se pressa para tudo e não se perde tempo nem a pronunciar um nome, quanto mais um nome próprio mais o apelido. Simplifica-se. O ano passado, ele era só fã da série Morangos com Açúcar, este ano ri-se dos 80 mil discos que vendeu à conta dela. Bom para ele, bom para as miúdas que acrescentam um ídolo à colecção, bom para a editora encostada aos sucessos rápidos, bom para a imprensa que vive de gente tá-se cool e bem parecida. O miúdo segue afinal o curso normal das coisas. Desdobra-se em entrevistas para aproveitar a maré e sai-se com frases género “desde pequenino, que sei muito bem aquilo que quero”. É discurso trabalhado, diz-me o bom senso. Mas depois, e a fazer fé em alguma espontaneidade dos seus vinte anos ainda por festejar, até acredito que possa ter alguma convicção à mistura. E sinto saudades do tempo em que as minhas verdades pareciam muito mais absolutas. E dou por mim a rever episódios da adolescência. E surpreendo-me a ter devaneios filosóficos só porque li uma entrevista do FF na revista “Flash”. A imprensa cor-de-rosa é, afinal, um mundo por explorar. É só saber ler nas entrelinhas e deixar voar a imaginação. É verdade. E esta até me parece das absolutas.

16 comentários:

João Silva disse...

Espero que o puto tenha a esperteza de se saber orientar enquanto vai dando, Assim como as editoras e outros tubarões do mundo do espetáculo se aproveitam dele para ganhar muito!

johnny handsome disse...

Cara Marta - As revistas côr de rosa sempre foram para mim uma fonte de inspiração. Quando vou ao dentista actualizo-me em momentos de rara elevação espiritual.
O mais estranho é que quando saio sinto um enorme vazio, não sei se por deixar lá as revistas se por falta dos 75 Euros que o tipo me cobra por consulta...Vá-se lá saber...

ergela disse...

É um daqueles cromos dificies de arranjar,acreditem!

Mas no fundo,bem lá no fundo é musica portuguesa e é preciso preservar.

ccc disse...

Parece-me a mim que eles até sabem, que a fama dura mesmo, na maior parte dos casos, os tão falados 5 ou 15 minutinhos. Por isso, é usar, abusar e não olar para os lados...... Verdade , verdade, a qualidade acaba sempre por prevalecer (Acreditemos !!!)

ccc disse...

Eu olo, tu olas, ele ola (acabei de criar um novo verbo). Afinal a nossa é uma língua viva e em constante evolução, verdade? :)

ergela disse...

cara CC

Eu caras,tu caras,ele vira-lhe a cara, eu tambem afinal é facil!!

Anónimo disse...

Morangos com Açúcar e Floribela duas grandes obras de arte da nossa televisão…

bolaxamaria disse...

A fama hoje em dia é como o fast food...

Vamos ver se o FF não cai no esquecimento depressa...

eumesma disse...

É...também me tranformo cada vez que leio uma revista cor de rosa, ou viajo pelo mundo, um ganho assim de repente uma casa de sonho, ou "viro" estrela de cinema ou do music-hall...

Enfim que seria de mim, sem isso tipo de revistas...?? :-)))

Todas as verdades aí são absolutas, mas ainda bem que existe algum lugar onde isso acontece..

Qto ao FF, pois um dias destes vai deixar de estar nas nuvens, para aterrar cá no chão, onde todos os restantes mortais pisam todos os dias.

Luís F disse...

O problema é que há cada vez menos espontaneidade... Esse jovem aspirante a estrela nacional, foi previamente programado para falar e agir… Apesar da tenra idade, já entrou na selva mediática. O mundo cor-de-rosa é muito apelativo quando vende e faz sonhar, quando a coisa corre mal e/ou aparecem vinte idênticos a ele, rapidamente é esquecido. Talento, o que é isso? Mais descartável é impossível.

rps disse...

Se um gajo, aos 19 anos, não está cheio de certezas, quando estará?...

Suzi disse...

o comentário de rps me fez lembrar do que li um tempo atrás:
"se um homem não é bonito aos 20,
forte aos 30,
rico aos 40,
nunca será bonito, forte ou rico."
deixe o "menudo" posar de bonito no seu tempo!
;o)

gnoveva disse...

“desde pequenino, que sei muito bem aquilo que quero”.

eu também. quero ser astronauta dos aviários.

estou espantada como escreveste tanto e não disseste nada. :)

vinte e dois disse...

Sabes que esse tipo de revistas é um mimo para encontrar temas para posts? Eu acho que sim ;)

Belzebu disse...

Eu assumo este meu erro! Não lêr as revistas côr de rosa é a minha grande falta!

Talvez um dia eu venha a conhecer esse tal de FF !!!


eehehh!! Saudações infernais!

menir disse...

O nome do moço não augura muito... FF para mim significa "fast forward"...