14/06/07

Ok, ok, eu colaboro na campanha

Os estudantes de Medicina do Porto precisam de mais cadáveres para analisar nas cadeiras de Anatomia e fazem um apelo à boa vontade dos portugueses para doarem o corpo ao ensino e à investigação. Cheira-me que a bicharada com domicílio nos cemitérios do país e os crentes na vida para além da morte não estarão muito sensíveis ao apelo. Por mim, sirvam-se à vontade. Mas certifiquem-se que a seguir ao meu último suspiro não virá mais nenhum. Não me apetece nada acordar num tabuleiro com 500 caloiros a observar atentamente as minhas vísceras.

15 comentários:

Suzi disse...

não é má idéia ser explorada... rsrsrsrsrs
ainda mais se os 500 calouros forem bem simpáticos e agradáveis.
então, acho que nem me importava de suspirar de novo, depois do imaginado último suspiro, desde que os estudantes, delicadamente, fechassem tudo, com a mesma avidez com que abriram e um pouco mais de carinho...

hehehehehe
(mórbido, esse papo, não? morbido legal!)

Custódia C.C. disse...

Andas a ver muitos CSI, andas, andas ...

Miguel S. disse...

Humm... Não me cheira, acho que o meu altruísmo ainda não vai ao ponto de querer ser retalhado... mesmo depois de morto. Mas sou a favor da doação de órgãos.

Capitão Gancho disse...

Olá, alguém está a chamar por mim...
e eles dão alguma coisita em troca pelos corpitos dos infelizes que eu lhes arranjar?

Bom..é que eu estou atirando com cerca de 28 gajos (em números redondos)por dia aos tubarões...

Se os caloiros quizerem , eu até já posso mandá-los abertos, mando a Rosita a nossa costureira pôr um fecho, e os miúdos podem trabalhar á vontade...

Qual é a morada para onde eu mando estes "fardos " desobedientes?

Eu agora estou com umas encomendas para o CSI, por causa das filmagens, tenho de garantir algumas entregas por dia. Mas estes dão-me muito trabalho, porque têm de ir para o ginásio primeiro, para os meus homens lhes darem umas valentes pauladas...O Horatio gosta deles bem " esfarelados "...

Luís F. disse...

Que mórbida… mas simpática…
Podem também levar o meu corpinho ressalvando iguais condições…

Sara disse...

O meu corpinho não é grande coisa para estudantes explorarem até porque já lhe faltam partes, lol. Mas podem ficar com os restantes órgãos, se assim lhes aprouver. :)

johnny handsome disse...

Pois eu quero é ser "cromado". Ou seja todo coberto de crómio ou outro metal não oxidante depositado por galvanoplastia.
Depois ponham-me num fontanário que pode muito bem ser no átrio de entrada do Casino Estoril (adoro o local e a frequência).
Que querem? Manias....

Isabela disse...

Olha, com o meu corpo eles também podem fazer o que quiserem!

Pink disse...

Fazer-me sorrir logo pela manhã é dificil...mas tu conseguiste!
Imaginei a cena do tal grupo de caloiros a observar a explicação dos profs...e...tu a levantares-te de repente da mesa!
Havia de ser 1 cena digna d 1 filme...
Ai...agoro suspiro eu...tenho de me despachar p ir p o trabalho...(eu disse trabalho e ñ emprego!)Enfim...até!

rps disse...

Eu não me importo de ceder o meu. Não servirá para nada a ninguém.

Miss Alcor disse...

LOL!!!!!!!
Honestamente, ter o meu corpo retalhado por uma cambada de caloiros não me agrada muito!!!
Lá os orgãos, não me importo de os dar! Mas quanto à morte, acho que me fico pela cremação. Mandar o meu corpo para o roseiral do cemitério do Prado do Repouso... é um belo nome para uma última morada!

Anónimo disse...

Também ouvi essa noticia. Fosga-se, aonde se assina aquele papel para não autorizar a doação de orgãos? No meu corpinho, nem morto.

Alien David Sousa disse...

Não seria nada agradável Marta lol
Eles também andam atrás de mim, mas por outros motivos...querem ver como é o corpo de uma Alien por dentro. Só que nós vivemos muito mais tempo! AH!!
kisses

João Silva disse...

O problema deste país é a falta de assassínos!

Mocho_ao_Luar disse...

daqui a alguns anos podem contar comigo. é que agora não me dá muito jeito..:P